Grupo Silvana Carvalho

Se você está planejando se mudar ou casar, por exemplo, com certeza já deve ter se deparado com a dúvida: comprar ou alugar? Pois saiba que essa pergunta não tem uma resposta pronta. Embora o senso comum valorize muito a compra de um imóvel, que seria a realização do famoso “sonho da casa própria”, em alguns caso essa pode não ser a decisão certa do momento. Cada caso é um caso e, para ajudá-lo a decidir qual é o seu reunimos nesse post os prós e os contras de cada uma das opções.

Aluguel:

O aluguel é sim uma boa opção, principalmente em alguns casos. Se você pretende mudar de cidade ou se trabalha em uma empresa onde as transferências são frequentes, o aluguel pode e deve ser considerada a melhor opção. Isso porque durante o período da locação você ganha tempo para conhecer a cidade e definir o bairro/condomínio que mais gosta para saber onde comprar. Se por acaso você for transferido para uma outra cidade, encerrar o contrato de locação acaba sendo menos burocrático do que o processo de venda.

Se você é uma pessoal flexível e gosta de morar sempre em um lugar diferente: o aluguel é mesmo a opção mais vantajosa no quesito mobilidade. Se você não se adaptar a um determinado bairro ou sua família aumentar, é muito mais fácil trocar de casa.

Em alguns casos o valor do aluguel pode ser mais baixos do que a prestação de financiamento imobiliário. Assim, se você é uma pessoa disciplinada, pode usar essa diferença de valores para aplicar em investimentos, fazendo o seu dinheiro render. Com a rentabilidade do investimento você tanto pode comprar um imóvel à vista dentro de alguns anos, como pode também ter uma renda extra para o futuro.

No entanto, uma das principais desvantagens da locação é que as remodelações são limitadas. Quando você é inquilino não tem tantas possibilidades para reformar a casa e deixá-la do jeito que você quiser. Além disso, você estará investindo dinheiro na manutenção de uma casa ou apartamento que não é seu. Então, se você é uma pessoa que gosta de decoração sofisticada e tende e a mudar o visual da sua casa de tempos em tempos, pense nisso!

Compra:

Quando se pensa na compra de um imóvel, o primeiro pensamento, sem dúvida, é a motivação de estar pagando por algo que lhe pertence.

O cenário mais vantajoso para a compra de um imóvel é, sem dúvida, a compra à vista. Mas é claro que essa é uma opção para poucas pessoas. A grande maioria quando compra um imóvel acaba tendo que recorrer ao financiamento bancário.

O financiamento tem a vantagem de poder ser distribuído em vários anos, fazendo com que o sonho do imóvel próprio se torne acessível a quem tem pouco dinheiro guardado. Neste caso, fique ligado no juros! Procure um banco que ofereça juros e condições melhores! (Quer saber mais? Fale com um de nossos corretores para que eles possam te auxiliar!)

Se você opta pela compra de um imóvel na planta, que é mais barato, tem que considerar dois pontos: O primeiro deles é o risco de a construtora atrasar na data da entrega, por isso, para evitar essa questão, aposte em empresas sólidas e conhecidas no mercado. O segundo ponto é o custo de manter o pagamento do imóvel e um aluguel enquanto ele não fica pronto. Certifique-se que esse custo caberá no seu orçamento para evitar surpresas.

Como você viu, cada caso é um caso e é por isso que você precisa analisar bem o que se encaixa nos seus planos e na sua realidade financeira. Para que não tenha surpresas futuras, procure sempre um profissional que te assessore te dê ferramentas para escolher a melhor opção para você e sua família! Nossos corretores estão sempre prontos para te ajudar nesse processo! 

Antes de decidir sozinho entre em contato conosco para conhecer os imóveis que podemos lhe oferecer, tanto para compra, quanto para aluguel!