Grupo Silvana Carvalho

por Marcelo Madanello e Nils Molen

 

A Arquitetura, explicada da maneira mais simples, é a técnica de criar espaços e organizar ambientes para as mais diversas atividades humanas. Quando se fala em arquitetura, é natural pensarmos logo em paredes, tetos, janelas, fachadas, e por aí vai. Devemos considerar que a casa onde moramos não é importante só pelas paredes que a sustenta, mas também pelo valor dado aos espaços que ocupamos e vivemos.

E é aí que entra o arquiteto, o profissional que enxerga esses espaços com outros olhares e cria, a partir disso, ambientes para morar, trabalhar, estudar, passear, comer, vestir. Espaços para viver, visando ao bem-estar e ao conforto das pessoas.

Cabe lembrar que a arquitetura está em permanente exposição, à mercê do tempo, contemplada pelos transeuntes. Daí a necessidade de maior responsabilidade na elaboração e execução das obras arquitetônicas, sempre respeitando seu entorno. É assim que nós, da Hausx arquitetura, e nossos associados pensamos.

O trabalho do arquiteto começa na conversa com o cliente, para compreender as suas necessidades e apresentar soluções espaciais, tendo em conta o local no qual a obra será implantada. Um bom projeto arquitetônico contempla, além da estética, outras diversas questões, por exemplo, o estudo topográfico, a ventilação, a insolação, os fluxos espaciais, a sustentabilidade, a materialidade adequada e os aspectos construtivos com melhor custo-benefício.

 

O projeto arquitetônico de qualidade é o melhor investimento da sua obra, pois é por meio dele que os ambientes são dimensionados de maneira correta, evitando-se desperdícios de áreas e materiais para a construção da obra. As aberturas são projetadas de maneira consciente, privilegiando paisagens e orientação solar a fim de propiciar conforto e bem-estar.

 

Não é difícil notar casas com áreas parecidas, construídas em épocas próximas e valores expressivamente diferentes. Isso se dá devido à maneira como foi concebido o  projeto, qual deles contemplou o melhor aproveitamento da construção, a sua beleza e funcionalidade. Muitas vezes a obra de maior valor final obteve menor custo construtivo.

 

Entre todas essas questões, existe uma que geralmente não é dita, mas que deve ser considerada: as normas construtivas, conforme as legislações pertinentes. Esse item é frequentemente ignorado, e não deveria.

O percurso para a execução de um bom projeto é longo, mas necessário para que o sonho idealizado no início não se torne um pesadelo.

Visite o nosso site: www.hausx.com.br e conheça o nosso trabalho.